ACESSO EXCLUSIVO.           WEBMAIL
+ Menu

Estudantes de Medicina recebem orientação para ingressar nas Forças Armadas


Militares das Forças Armadas (Marinha, Força Aérea e Exército) estiveram presentes na Universidade de Uberaba, na terça-feira (16), para darem palestras de orientação para os estudantes de Medicina dos 11º e 12º períodos da Uniube e da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM).

O objetivo do evento foi divulgar o trabalho das Forças Armadas e captar médicos para o ingresso no serviço militar. Nas palestras foi explicado um pouco sobre o Estágio, Adaptação e Serviço (EAS), duas etapas que fornecem aos recém-formados a posição de médico militar. “O processo seletivo começa com as informações desta palestra, o próximo item é uma convocação para a Comissão de Seleção Especial, ou seja, eles vão se apresentar em um local determinado para que seja feito uma seleção. Nessa seleção são realizados exame médico, exame intelectual, entrevista e apresentação de documentação. E desse pessoal que se apresentou na comissão, os aptos continuam no processo”, explica o Capitão Antônio Marcos Peixoto, representante do Exército.

No serviço militar, os médicos vão permanecer um ano, podendo, se desejarem, prorrogar até o oitavo ano. Ainda de acordo com o capitão o ingresso pode ser tanto do serviço militar obrigatório, no caso o segmento masculino, como as voluntárias do segmento feminino que podem, também, ao concluir o curso de medicina, servir como oficiais médicas.

E como exemplo do serviço voluntário feminino nas Forças Armadas, foi apresentada a Tenente Lara Gabriela Fonseca Martins. Formada em medicina, Lara já está em seu segundo ano na Força Aérea Brasileira (Fab). “Eu estou à serviço no Hospital da Força Aérea de Brasília, então a gente presta serviço na emergência, mas temos também serviços de UTI, centro cirúrgico, vários ramos na medicina que dá para exercer lá dentro”, relatou.

O Comandante Sebastião Matos Carvalho, apresentou o trabalho da Marinha, explicando sobre os estágios e sobre o concurso, para aqueles que desejarem seguir como médico de carreira. “É importante que todos os formandos em medicina tomem conhecimento de como é o serviço militar nas forças armadas”, comentou.

E alguns estudantes já demonstraram grande interesse na carreira e no trabalho junto às Forças Armadas. É o caso do estudante de medicina, Pablo dos Santos Floriano, que sempre achou interessante a carreira militar. “Acho que para um médico é uma maneira de ter mais estabilidade na profissão”, afirmou o graduando. 




TRABALHE CONOSCO      SEJA PARCEIRO      CONTATO

Receba novidades no seu e-mail

Missão: "Promover o ensino e a geração de conhecimento, formando o profissional compromissado com uma sociedade justa."


 Teleatendimento


Presencial: 0800 34 3113
EAD: 0800 940 2444



Campus Centro
Av. Guilherme Ferreira, 217
Bairro Centro
38.010-200 - Uberaba/MG

CNPJ - 25.452.301/0001-87


Campus Aeroporto
Av. Nenê Sabino, 1801
Bairro Universitário
38.055-500 - Uberaba/MG

CNPJ - 25.452.301/0002-68


Campus Rondon
Av Rondon Pacheco, 2000
Bairro Lidice
38.408-343 - Uberlândia/MG
CNPJ 25.452.301/0008-53



1996 - 2017 - UNIUBE - Todos os direitos reservados
Desenvolvido   
pela