ACESSO EXCLUSIVO.           WEBMAIL
+ Menu

Fundador

Mário de Ascenção Palmério nasceu em Monte Carmelo-MG, no dia 01 de março de 1916, filho de Francisco Palmério e de Maria da Glória Palmério. Iniciou seus estudos em Uberaba e, em 1935, matriculou-se na Escola Militar de Realengo, no Rio de Janeiro, de onde acabou se desligando no ano seguinte, por problemas de saúde. Em 1936, ingressou no Banco Hipotecário e Agrícola de Minas Gerais, sendo designado para trabalhar na sucursal de São Paulo. Na capital paulista, Mário Palmério iniciou sua prática pedagógica como professor de Matemática do Colégio Pan-Americano, mantido pela Escola Paulista de Medicina.

Em 1988, a mais importante das conquistas para quem se dedicou tanto ao setor de ensino: o reconhecimento da instituição como Universidade de Uberaba..

Além da Fundação do Lyceu do Triângulo Mineiro e das Faculdades de Odontologia, Direito e Engenharia, Mário Palmério teve papel importante na criação do primeiro curso de medicina de Uberaba da UFTM - Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

O Político
Mário Palmério iniciou sua carreira política em 1950, elegendo-se Deputado Federal pelo PTB. Na Câmara, exerceu, durante todo o primeiro mandato, a vice-presidência da Comissão de Educação e Cultura. Foi reeleito em 1954, passando a integrar a Comissão de Orçamento e a Mesa da Câmara. Reelegeu-se em 1958. Em 1962, foi nomeado pelo então Presidente João Goulart Embaixador do Brasil no Paraguai. Permaneceu no cargo durante quase dois anos, período em que aproveitou para se dedicar também à música. São de sua autoria muitas guarânias e polcas paraguaias, destacando-se, entre elas, "Saudade", "Noches de Assuncion" e "No Digas No".

O Escritor
A vida literária de Mário Palmério teve início em 1956, com a publicação do livro "Vila dos Confins", fruto de uma aventura intelectual que tinha como principal propósito a política. A obra nasceu relatório, cresceu crônica e acabou romance. Em 1965, publicou "Chapadão do Bugre". Quatro anos depois, no dia quatro de abril, foi eleito para a vaga de Guimarães Rosa, na Academia Brasileira de Letras, passando a ocupar a cadeira de número dois.

Em busca de temas para novos livros, Mário Palmério decide ir morar na Amazônia, onde ficou nove anos. Viveu num barco que ele mesmo projetou e batizou de "Fray Gaspar de Carvajal". Nesse período, recebeu inúmeras visitas de cientistas e naturalistas de quase todo o mundo, interessados pela flora e fauna da Amazônia.

O nome Mário Palmério poderia ser lembrado por sua contribuição aos mais diferentes setores. Mas, bastaria o reconhecimento a um homem que, com sua visão futurista, decidiu investir na mais importante conquista do ser humano: a Educação.

El fundador

Mário de Ascenção Palmério nació en Monte Carmelo, MG, Brasil, el 1º de marzo de 1916, hijo de Francisco Palmério y de Maria da Glória Palmério. Inició sus estudios en Uberaba y, en 1935, se matriculó en la Escuela Militar de Realengo, en Rio de Janeiro, de donde salió al año siguiente por problemas de salud. En 1936 ingresó en el Banco Hipotecario y Agrícola de Minas Gerais, siendo designado para trabajar en la sucursal de São Paulo. En la capital paulista, Mário Palmério inició su práctica pedagógica como profesor de Matemática en el Colegio Panamericano, mantenido por la Escuela Paulista de Medicina.

En 1988, obtuvo la más importante de las conquistas para quien se dedicó tanto a la enseñanza: el reconocimiento de la institución por él fundada como Universidad de Uberaba. Además de la fundación del Liceo del Triângulo Mineiro y de las Facultades de Odontología, Derecho e Ingeniería, Mário Palmèrio tuvo papel destacado en la creación del primer curso de Medicina de Uberaba, en lo que hoy es la Universidad Federal del Triângulo Mineiro (UFTM).

El Político

Mário Palmério inició su carrera política en 1950, al elegirse como Diputado Federal por el PTB. En la Cámara ejerció, durante su primer mandato, la vicepresidencia de la Comisión de Educación y Cultura. Fue reelecto en 1954, pasando a integrar la Comisión de Presupuesto y la Mesa Directora de la Cámara. En 1962 fue nombrado Embajador en Paraguay, por el entonces Presidente de Brasil João Goulart. Permaneció en ese cargo por casi dos años, período en que aprovechó para dedicarse también a la música. Son de su autoría muchas guaranias y polcas paraguayas, destacándose entre ellas "Saudades", "Noche de Asunción" y "No digas no".

El escritor

La vida literaria de Mário Palmério tuvo su inicio en 1956, con la publicación del libro "Vila dos confins", fruto de una aventura intelectual que tenía a la política como principal propósito. La obra nació como relato, creció como crónica y acabó como novela. En 1965, publicó "Chapadão do Bugre". Cuatro años después, fue electo para ocupar el puesto de Guimarães Rosa en la Academia Brasileña de Letras, ocupando la butaca número 2.

En busca de temas para sus libros, decide ir a vivir en la Amazonia, donde estuvo nueve años. Vivió en un barco que él mismo proyectó e bautizó como "Fray Gaspar de Carvajal". En ese período recibió numerosas visitas de científicos y naturalistas de casi todo el mundo, interesados en la flora y la fauna de la Amazonia.

El nombre de Mário Palmério puede ser recordado por su contribución en los más diversos sectores. Mas, bastaría el reconocimiento de hombre que, con su visión de futuro, decidió dedicarse a la más importante conquista del ser humano: la Educación.

The Founder

Mário Ascenção Palmério, son of Francisco Palmério and Maria da Glória Palmerio, was born in Monte Carmelo, Minas Gerais, on 1st March of 1916. Palmério began his studies in Uberaba and in 1935 he enrolled at the Military School of Realengo, Rio de Janeiro, however, he had to leave the school at the next year due to health issues.  In 1936, Palmério applied to the Mortgage and Agricultural Bank of Minas Gerais, being assigned to work in the São Paulo branch. In São Paulo, Palmério has begun his teaching practice as a mathematics lecturer in the Pan American College, maintained by the São Paulo School of Medicine.  

In 1988, the most important achievement for who was dedicated to the education: The recognition of the institution as the University of Uberaba. Besides the Lyceu do Triângulo Mineiro, Dentistry, Law, Engineering schools foundation, Mário Palmério had an important role in the creation of the first Uberaba Medicine School (Federal University of the Triângulo Mineiro).

The Politician

Mário Palmério began his political career in 1950, elected to the federal congress (PTB). In the parlament, he held throughout the first act, the vice-president of the Education and Culture commission. Palmério was re-elected in 1958. In 1962, he was appointed by the Brazilian president João Goulart as a Brazilian ambassador in Paraguay. He remained in charge for nearly two years, period which he also dedicated himself to the music. Palmerio wrote several music?s, standing out among there: "Saudade", "Noches de Assuncion" and "No digas No"

The writer

The literary life of Mário Palmério began in 1965 with the publication of the book "Vila dos Confins". The book was a result of an intellectual adventure that had the politics as the main purpose. The manuscript was born as a report, increased as chronic and finished as a romance. In 1965, Palmério published the book "Chapadão do Bugre". Four years later, on April 4th, he was elected to take the Guimarães Rosa place in the Brazilian Academy of Letters, occupying the chair number two.

In search of subjects for new books, Mário Palmério decides to live in the Amazon state, where he stayed for 9 years. Palmério lived on a boat that himself designed and called "Fray Gaspar de Carvajal". During this period, He received numerous scientists and naturalist visits from almost all over the world, interested in the Amazon resources.

The name Mário Palmério could be remembered for his contribution to the most different sectors. However, it would be sufficient recognition to a man who, with his futuristic vision, decided to invest in the most important achievement of the human kind: The knowledge and education.

TRABALHE CONOSCO      SEJA PARCEIRO      CONTATO

Receba novidades no seu e-mail

Missão: "Promover o ensino e a geração de conhecimento, formando o profissional compromissado com uma sociedade justa."


 Teleatendimento


Presencial: 0800 34 3113
EAD: 0800 940 2444



Campus Centro
Av. Guilherme Ferreira, 217
Bairro Centro
38.010-200 - Uberaba/MG

CNPJ - 25.452.301/0001-87


Campus Aeroporto
Av. Nenê Sabino, 1801
Bairro Universitário
38.055-500 - Uberaba/MG

CNPJ - 25.452.301/0002-68


Campus Rondon
Av Rondon Pacheco, 2000
Bairro Lidice
38.408-343 - Uberlândia/MG
CNPJ 25.452.301/0008-53


Campus Gestão e Direito (UGD)
Av. Marcos Freitas Costa, 1041
Bairro Daniel Fonseca
38.400-328 - Uberlândia/MG

CNPJ - 25.452.3001/0004-20

1996 - 2017 - UNIUBE - Todos os direitos reservados
Desenvolvido   
pela